quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

O balão e um cacto

Era frio, muito frio.
Eu nem conseguia entender como um balão conseguia ficar tão perto de um cacto.
O cacto certamente iria furar o balão, ainda mais porque ventava e o balão balançava...  Só que nevava e a camada de neve cobria o balão e o cacto; assim mesmo que o balão encostasse no cacto só conseguia bagunçar a neve superficial. Jamais conseguiu furar.

(cacto) – Por que você não vai embora? Eu te machuco todos os dias.
(balão) – Sabe, acho que tenho um fio que me liga a você. Por isso estou aqui;
(cacto) – Quando não se tem nada bom a se falar, melhor ficar calado.
(balão) – Eu nunca entendi o porquê você me chamou até aqui, mas eu vim ...
(cacto) – Talvez porque eu precisava de você naquele momento.
(balão) – E eu... Eu não preciso sentir frio, eu posso voar. Mas escolhi ficar! Junto com você eu era a pessoa mais feliz do mundo e nem precisava sair do lugar para isso.

Mas nevava tanto que nem percebi quando seus olhos pararam de olhar para o meus...
E assim o seu vaso caiu e o balão voou.
Tentei voltar, mas você cacto, você estava congelado e eu não podia mais sentir o seu coração.
Eu sei que você não sente nada, mas eu, eu sinto muito!






sábado, 7 de janeiro de 2017

Meus votos pro seu casamento

Prometo ser fiel, te amar e te honrar na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza todos os dias da nossa vida.

Quando nasci sempre pensei que ia me casar com alguém igual a você, com uma história de cinema de felizes para sempre, com direito a vestido branco e bombons e champanhe.
            Queria casar com os pés na areia, olhando para o mar que iria se refletir nos seus olhos, e esse seu sorriso que me encantou desde a primeira vez que te vi.
            Hoje eu sei que amor a primeira vista existe, mas ele se confirma com os passar dos anos e o tempo passou, com uma intensa caminhada com direito de amar você a cada dia mais.
Com vista do céu para o mar, com direito de voltar a ser criança, e todos aqueles sonhos, tantos desejos começando a ser trilhados.  Com direito a madrugadas, chuva, filmes, música tema. Poderia escrever por dias, cada lembrança, cada despedida, cada retorno, cada, cada briga que acabava com risos, cada momento de uma vida, minha vida, sua vida.
Hoje eu sei que fomos fiel aos nossos sentimentos, felizes na alegria, companheiros na tristeza, dedicados na saúde, fortes nas doenças, simples na riqueza e bravos na pobreza... Mas sempre juntos!


sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

UMA PAZ MAIOR


Quando você acha que já sentiu tudo nessa vida, e tem certeza que a melhor
Opção de ficar só.
Quando seu coração já está empedrado, machucado, vem alguém e vira seu mundo
De cabeça para baixo.

Você pensa como pode, uma paz maior...
Que cada gota de álcool
Que cada música no volume mais alto
Que cada olhar amedrontado
Na sua, na minha, paz maior.

E a solidão desse peito apaixonado
Para... Repara... Dispara a falar com você
Em uma louca aventura...
De está próximo a acordar...
Para todo dia dormir novamente.

Em cada ato da minha vida...
Vai ficar a vontade de um dia poder ter ido.
Mas ficou a saudade de ter permanecido.

Eu trocaria todas minhas noites dormindo com anjinhos

Para esquecer o que é noite com você!

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Amor de Passarinho


Quando a única coisa que você quer
É que o mundo pare!
E dizer eu te amo.. já não basta!
Mas ele, o mundo, não para pra você descer.
É quando se tem que ser mais forte para dizer:
Tudo bem com você?

As palavras são fúteis para enlouquecer...
São úteis para te convencer...
E mútuas para sobreviver.

De cheio para vazio
De quente para Frio
De amor de passarinho
para um simples carinho

Voa... voa para imensidão...
Leve com você toda essa intensidade
Que um dia, quem sabe, não seja verdade
Para um outro alguém que não leve apenas a metade...

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Quando não se pode mais parar


Veras que um filho teu luta
E ser forte pode ser o último suspiro de um
Riso com aqueles lábios que fingem sorrir
Depois de uma chuva de meteoros...
E aos olhos de quem vê a dor... é invisível!

Se eu pudesse ter um silêncio
dentro do meu improvável de um ser oculto.
A verdade é a unica dentro do vácuo!!

Quando a pulsação  é mais forte que a respiração
no compasso... descompassado
no vazio de uma morada
resta sombras de um passado e vento de um futuro!
E quando não se pode mais parar...  
     Você descontinua!

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Eu NUNCA vou te esquecer


Você pode até me impedir de falar sobre meus pensamentos, de como eu e você seríamos um par ideal, de como idealizo que seriamos felizes, de nossas viagens que já programei, de como entre linhas digo e repito que gosto de você, de como faço planos para nós... E mesmo que me impeça só existe uma coisa que você nunca poderá me impedir.... de sonhar!

Você pode até me ignorar quando eu te dou meus bons dias, todas as manhãs, ou meu boa noite, de madrugada, quando encho sua caixa de mensagem com coisas que queria que você soubesse...ou quando faço meus convites, todos os dias, pensando que quem sabe um deles você aceite... E mesmo que você não me corresponda, só existe uma coisa que você nunca poderá deixar de aceitar... meu amor!

Você pode até me dizer que não, mil vezes que não, me contar coisas que vão me machucar, coisas que certamente vou chorar, me fazer ouvir músicas... aquelas que fazem você olhar para o nada por horas ou até mesmo me dizer sobre um outro alguém, como se aqui não batesse um coração. E mesmo que me faça chorar, você nunca vai me vê sofrer!

Eu? Eu  não vou esquecer que um dia você me ensinou a não dizer NUNCA.



sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Procuro meu sapatinho de cristal!

Sabe quando se passa na frente por muitas vezes e não repara. Bom, era você sapato!

Eu tinhas muitos, muitas cores diferentes , modelos distintos... não precisava de mais um. Até que um dia você olha por de trás da vitrine ele mexe com você de um jeito apaixonante que só ele sabe fazer e você acha estranho um sapato mexer tanto com você .

 E tudo passa pela sua cabeça, o porquê? Por que agora?  O porquê aquele sapato, ou até mesmo se valia entrar ali para calçar o sapato. Mas é aí que entra aquela voz de filme e você  percebe que não pode deixar a oportunidade passar, entra! Senta! Fica! Pega! Usa! Pra quem acredita em coincidência com certeza seria meu número, mas era destino! Ficou tão bom! Tão meu! Tão sonho!

 E se  pudêssemos por um significado naquele momento que o calcei ou até mesmo se tivesse um sentimento naquele momento? De todos seria amor. Por que? Porque é recíproco, intenso e verdadeiro.

Mas eu deixei ele ali e parti... Prometi voltar para comprar, eu prometi cuidar dele pra sempre, eu prometi que seria meu.   Eu realmente teria te amado.

Mas hoje ele se foi... Eu sei que o perdi, mas eu sei e sempre vou saber que ele encaixa perfeitamente comigo! E de todos você é meu único sapatinho de cristal.